terça-feira, 25 de junho de 2013

DÚVIDA DE MATEMÁTICA CONCURSOS RAZÃO E PROPORÇÃO RESOLVIDA PROFESSOR JOSELIAS

(PM-SP - 2011 - Vunesp) Uma loja de doces comprou alguns tabletes de chocolate branco e outros de chocolate ao leite, num total de 144 tabletes. Se a razão entre os tabletes de chocolate branco e os de chocolate ao leite, nessa ordem, foi de 2/7, então o número de tabletes de chocolate ao leite comprados foi:
(A) 123          (B) 112          (C) 104          (D) 96          (E) 88
Solução

Matemática para os Concursos da FCC - TRF e TRT – Online - Professor Joselias


Observação:
As videoaulas, e seus respectivos materiais de apoio estão disponíveis na área do aluno. Os alunos poderão assistir as videoaulas por até 60 dias após a data da compra., não sendo prorrogado esse prazo

Conteúdo do curso:
As quatro operações com números inteiros, fracionários e decimais; sistema métrico (medidas de comprimento, área, volume, capacidade, massa e tempo); números pares e ímpares (primos e compostos); MMC e MDC; divisibilidade; juros e percentagem. Razões e proporções, regras de três simples e composta; divisões proporcionais; sistema do 1º grau; potenciação; radiciação; equação do 2º grau.
ASSISTA O TRECHO DA AULA 01 DO CURSO DE MATEMÁTICA PARA A FCC


segunda-feira, 24 de junho de 2013

Concurso Polícia Rodoviária Federal: Inscrições abertas para mil vagas! Superior e R$6.479

Concurso Polícia Rodoviária Federal

Inscrições abertas para mil vagas! Superior e R$6.479

Fonte: Folha Dirigida
24 de Junho de 2013

A Polícia Rodoviária Federal (PRF) recebe, desde as 10h desta segunda-feira, dia 24 de junho, e apenas pela internet, as inscrições no concurso para mil vagas de policial rodoviário federal, cuja remuneração é de R$6.479,81 no início da carreira (há reajuste previsto para 2014 e 2015).  A oportunidade é voltada para homens e mulheres que possuam o ensino superior completo em qualquer área, além da carteira de habilitação, na categoria B ou superior. As provas objetivas e discursiva, que abrem a seleção, estão previstas para 11 de agosto, em todas as capitais.  As inscrições deverão ser feitas no site do organizador da seleção, o Cespe/UnB, até as 23h59 do dia 8 do mês que vem. O valor da taxa é de R$150 e pagamento deverá ser realizado até o dia 19 também do próximo mês. Será possível solicitar a isenção da taxa (conforme critérios informados no edital do concurso) ao longo de todo o prazo de inscrição.

De acordo com a PRF, o concurso é para lotação, preferencialmente, nas regiões de fronteira, que abrangem os estados do Acre, Amazonas, Amapá, Pará, Rondônia e Roraima, Mato Grosso, Mato Grosso do Sul, Paraná, Rio Grande do Sul e Santa Catarina. Existe a possibilidade de todos os estados receberem aprovados na seleção, mas isso dependerá do resultado do remanejamento interno dos atuais policiais, que antecederá a convocação dos aprovados no concurso para a escolha da vaga, como explicou o departamento. Os classificados para as mil vagas inicialmente oferecidas deverão ser convocados imediatamente, uma vez que a PRF pretende contar com o reforço já para o período da Copa do Mundo, que será realizada de junho a julho do ano que vem. As contratações serão pelo regime estatutário, que proporciona estabilidade. Os admitidos ainda farão jus a benefícios como auxílio-alimentação, de R$373, já incluído na remuneração informada. Em geral, os policiais rodoviários federais cumprem regime de escala de revezamento, de 24 por 72 horas.

Devido a um acordo firmado com o governo federal, os ganhos iniciais da carreira deverão subir para R$6.791,25 por mês, em janeiro de 2014, sendo esse o valor pago aos que ingressarem por este concurso. A partir de 2015, a remuneração deverá ser de R$7.092,91. Nos dois casos, o auxílio-alimentação já está incluído. Aqueles que forem lotados na fronteira poderão contar ganhos adicionais de até R$2 mil aproximadamente. A quantia é referente à chamada indenização de fronteira, de R$91 por dia, cuja criação está sendo discutida no Congresso Nacional. Segundo a Federação Nacional dos Policiais Rodoviários Federais (FenaPRF), acredita-se que até a nomeação dos aprovados no atual concurso a proposta já terá sido convertida em lei. A federação afirmou também que já está trabalhando para dobrar as vagas do concurso, como é permitido pela legislação. Além das provas escritas, os novos policiais serão selecionados por meio de exame de capacidade física (conforme tabela ao lado), avaliações de saúde, psicológica e de títulos, investigação social e curso de formação profissional. A validade da seleção será de um ano, podendo dobrar.

Serviço
Inscrições: www.cespe.unb.br/concursos/DPRF_13/

Especialistas em concurso criticam curto prazo de estudo para as provas
Segundo o Decreto nº 6.944/09, o prazo para a publicação do edital de concurso deve ser de, no mínimo, 60 dias antes da realização da primeira prova. Apesar do atual concurso da Polícia Rodoviária Federal (PRF) cumprir a norma (o edital foi publicado no último dia 12, com as provas objetivas e discursivas marcadas para 11 de agosto), os futuros candidatos julgam que, nesse caso, o prazo deveria ser maior, especialmente porque as seleções do órgão costumam demandar um período maior de preparo. Os especialistas em concurso também pensam da mesma maneira. A coordenadora pedagógica do curso Degrau Cultural, Rosângela Cardoso, e o diretor acadêmico do curso Multiplus, Alexander Ruas, concordam que seria mais justo que o prazo fosse estendido para 90 dias, pois assim os candidatos poderiam se preparar mais. Porém, Alexander faz uma ressalva.

“Embora o tempo seja pequeno, não há desculpas para estudar menos. Aquele que realmente deseja passar já deve se organizar bem antes da divulgação do edital, e não ficar esperando até que as datas sejam confirmadas.” Alexander Ruas garante que, embora a organizadora esse ano tenha mudado para o Cespe, não houve muitas mudanças em relação ao programa anterior, apenas algumas atualizações. Ele lembra ainda que a banca tem um estilo próprio de avaliação.  Rosângela Cardoso recorda ainda que as disciplinas de Primeiros Socorros e Direito Civil foram retiradas do conteúdo deste ano, e comunicadas pelo órgão antes da divulgação do edital.

A coordenadora da Degrau Cultural salienta que, com o curto prazo, os candidatos terão que fortalecer a maratona de estudos. O diretor do curso Multiplus acrescenta que a maneira como os professores abordarão todo o programa será prejudicada. Entretanto, ele adverte que os docentes devem ficar atentos, desde o princípio, para os assuntos recorrentes e os que vão ficar de fora. “Eles devem ser estatísticos por natureza, e sempre trabalhar com probabilidades quando se trata de concursos”, aconselha. Rosângela Cardoso e Alexander Ruas divergem em um ponto. A especialista crê que a Polícia Rodoviária Federal sairá prejudicada com o prazo breve, pois os candidatos terão pouco tempo para estudar. Já o diretor discorda. “Não há empecilho, porque esse concurso já era esperado. Mais uma vez, reforço que cabe a cada um se preparar com antecedência. Agora, o período é de revisão de todo o conteúdo.”

24 de Junho de 2013






sexta-feira, 21 de junho de 2013

100 Questões de Matemática Resolvidas Online para o Concurso da PRF - CESPE


(Desconto de 50% - R$ 30,00, para compras efetuadas até o dia 30 de junho)

Início: 02 de Julho de 2013 - Professor Joselias
Carga horária: 100 Questões de Matemática Resolvidas da CESPE.  Serão disponibilizadas 3 questões(3 videoaulas) diariamente, a partir do dia 02 de Julho de 2013.
Valor: R$ 60,00. (Desconto de 50% - R$ 30,00, para compras efetuadas até o dia 30 de junho)Com apostila de questões grátis em PDF.
Conteúdo do curso:

QUESTÕES RESOLVIDAS DE MATEMÁTICA DAS PROVAS DA CESPE: 1 Números inteiros, racionais e reais. 1.1 Problemas de contagem. 2 Sistema legal de  medidas. 3 Razões e proporções; divisão proporcional. 3.1 Regras de três simples e composta. 3.2  Porcentagens. 4 Equações e inequações de 1º e 2º graus. 4.1 Sistemas lineares. 5 Funções. 5.1 Gráficos. 6  Sequências numéricas. 7 Progressão aritmética e geométrica. 8 Noções de probabilidade e estatística. 9 Raciocínio lógico: problemas aritméticos.
MATRÍCULAS NO SITE CO CURSO:   http://www.cursoprofessorjoselias.com.br/portal/

domingo, 16 de junho de 2013

(PROVA RESOLVIDA E COMENTADA DA POLÍCIA RODOVIÁRIA FEDERAL – 2004 – CESPE) - QUESTÃO 01

(PROVA RESOLVIDA E COMENTADA DA POLÍCIA RODOVIÁRIA FEDERAL – 2004 – CESPE) Além das perdas de vidas, o custo financeiro das guerras é astronômico. Por exemplo, um bombardeiro B-2, utilizado pela força aérea norte-americana na guerra do Iraque, tem um custo de R$ 6,3 bilhões. Se esse dinheiro fosse utilizado para fins sociais, com ele seria possível a construção de várias casas populares, escolas e postos de saúde. No Brasil, o custo de construção de uma casa popular, dependendo da sua localização, varia entre R$ 18 mil e R$ 22 mil. O custo de construção de uma escola adicionado ao de um posto de saúde equivale ao custo de construção de 20 casas populares. Além disso, o total de recursos necessários para a construção de duas casas populares e de dois postos de saúde é igual ao custo de construção de uma escola. Com base nesses dados e considerando que o governo brasileiro disponha de um montante, em reais, igual ao custo de um bombardeiro B-2 para a construção de casas populares, escolas ou postos de saúde, julgue os itens que se seguem.
Resumo do texto
Valor do bombardeiro B – 2   -->  R$ 6,3 bilhões
C = Custo da construção de uma casa popular R$ 18 mil < C < R$ 22 mil
E – Custo da construção de uma escola
P – Custo da construção de um posto de saúde
E + P = 20C
2C + 2P = E
2C + 2P = 20C – P
3P = 18C
P = 6C
E = 14C
1) (PROVA RESOLVIDA E COMENTADA DA POLÍCIA RODOVIÁRIA FEDERAL – 2004 – CESPE) Com esse montante, seria possível construir mais de 280.000 casas populares.
Solução
clip_image004
Seria possível construir 350.000 casas (no máximo).
Resposta: Correto



sexta-feira, 14 de junho de 2013

PRF abre concurso com 1.000 vagas para Policial Rodoviário Federal - VEJA O EDITAL.

PRF abre concurso com 1.000 vagas para Policial Rodoviário Federal
Quarta-feira, 12 de junho de 2013

Foi publicado no Diário Oficial da União desta quarta-feira, 12, Seção 3, o edital de abertura do concurso público 001/2013 do Departamento da Polícia Rodoviária Federal (PRF), destinado ao cargo de Policial Rodoviário Federal, padrão I da Terceira Classe, com 1.000 vagas e formação de cadastros de reserva. Desse total, 50 serão para pessoas com deficiência.
Os postos de trabalho citados serão para homens e mulheres de nacionalidade brasileira, com idade mínima de 18 anos, graduação de nível superior em qualquer área de formação e que tenham carteira nacional de habilitação categoria B. Além disso, os profissionais deverão dispor de 40h semanais para realizar atividades de natureza policial envolvendo fiscalização, patrulhamento e policiamento ostensivo, atendimento e socorro às vítimas de acidentes rodoviários e demais atribuições relacionadas com a área operacional do Departamento de PRF.
O Policial aprovado permanecerá preferencialmente no local de sua primeira lotação por um período mínimo de três anos e só poderá ser removido mediante concurso de remoção, permuta ou ao interesse da Administração.
A remuneração será de R$ 6.106,81 para jornada de trabalho de 40 horas semanais.
Para concorrer, o candidato deverá atender aos requisitos em questão e realizar inscrição de 24 de junho a 8 de julho pelo endereço eletrônico www.cespe.unb.br, sob taxa de R$ 150,00. A isenção desse valor será concedida, unicamente, a candidatos amparados pelo Decreto nº. 6.593, de 2 de outubro de 2008, publicado no Diário Oficial da União de 3 de outubro de 2008 - com registro no Cadastro Único para Programas Sociais do Governo Federal (CadÚnico), de que trata o Decreto nº. 6.135, de 26 de junho de 2007; e que seja membro de família de baixa renda, nos termos do Decreto nº. 6.135/2007. O pedido poderá ser feito no mesmo período das inscrições, pelo site do concurso.
A execução do certame ficará sob responsabilidade do Centro de Seleção e de Promoção de Eventos da Universidade de Brasília (Cespe/UnB), que avaliará os profissionais em uma única etapa, formada por prova objetiva (P1 e P2), prova discursiva, exame de capacidade física, avaliação de saúde, avaliação psicológica e avaliação de títulos. Ainda nessa etapa haverá investigação social e/ou funcional, que será realizada pela Polícia Rodoviária Federal, antes da avaliação de títulos.
Já a segunda etapa do concurso, composta por curso de formação, ficará exclusivamente a cargo da própria PRF.
Fases avaliativas
·         Primeira etapa
·         prova objetiva de conhecimentos básicos (P1) com 50 questões e de conhecimentos específicos (P2) com 70 questões;
·         prova discursiva composta por texto dissertativo;
As avaliações acima serão de caráter eliminatório e classificatório e estão previstas para ocorrer em 11 de agosto na parte da manhã, com duração de quatro horas e meia.
·         exame de capacidade física composta por teste de flexão em barra fixa, teste de impulsão horizontal, flexão abdominal e teste de corrida de 12 minutos;
·         avaliação de saúde, composta pela apresentação de exames laboratoriais e complementares, cuja relação está disponibilizada no Anexo III do edital;
·         avaliação psicológica na qual serão avaliadas a capacidade atenção, capacidade de memória, capacidade intelectual, características de personalidade como, por exemplo: controle emocional, controle da agressividade, liderança e responsabilidade;
·         investigação social e/ou funcional, que será realizada pela PRF;
Já essas quatro outras avaliações acima serão de caráter eliminatório.
E para finalizar:
·         avaliação de títulos de caráter classificatório.
Segunda Etapa
Composta por Curso de Formação Profissional, de caráter eliminatório e classificatório, com duração de três meses a desenvolver-se nos turnos diurno e noturno, inclusive aos sábados, domingos e feriados.
Fonte: 

Jornalista: Iara Valiente

BACEN 2013: Banco Central escolhe Cespe para organizar novo concurso

Banco Central escolhe Cespe para organizar novo concurso
Fonte: CorreioWeb – Lorena Pacheco - http://concursos.correioweb.com.br/
A assessoria de comunicação do Banco Central (BC) confirmou que o Centro de Seleção e de Promoção de Eventos da Universidade de Brasília (Cespe/UnB) será a banca organizadora de seu novo concurso público. De acordo com portaria publicada no dia 25 de março deste ano pelo Ministério do Planejamento, Orçamento e Gestão (MP), o banco tem até setembro para lançar o edital de abertura da seleção que ofertará 515 vagas de provimento imediato.
Desse total, 400 chances serão para analistas, com salário de R$ 12.960,77; 100 para técnicos, com remuneração de R$ 4.917,28; e outras 15 para procurador, com vencimento de R$ 14.970,60.
O certame mais recente realizado pelo Banco Central foi lançado em 2009. A seleção foi organizada pela Fundação Cesgranrio e ofereceu 500 vagas para os cargos de técnico e analista. De acordo com a banca, mais de 244 mil pessoas se inscreveram no concurso. O valor da remuneração inicial para o cargo foi de R$ 4.896,25. A convocação dos aprovados aconteceu em janeiro de 2012 e a nomeação em junho do mesmo ano.


Fonte: CorreioWeb – Lorena Pacheco -
http://concursos.correioweb.com.br/

GRUPO DE ALUNOS DO PROFESSOR JOSELIAS (FACEBOOK) https://www.facebook.com/groups/AlunosdoJoselias/
CURSO PROFESSOR JOSELIAS – www.cursoprofessorjoselias.com.br


domingo, 9 de junho de 2013

O edital do concurso para o Cargo de Policial Rodoviário Federal - PRF 2013

O edital do concurso para o Cargo de Policial Rodoviário Federal deve ser publicado na próxima quarta-feira, 12 de junho
Por FenaPRF
7 de junho de 2013
O edital do concurso para o Cargo de Policial Rodoviário Federal deve ser publicado na próxima quarta-feira, 12 de junho, e a prova será aplicada em agosto. As etapas do processo de classificação que sucedem a prova estão previstas para ocorrerem ainda este ano, ficando para o início de 2014, apenas a formação dos aprovados. Disciplinas como língua portuguesa, raciocínio lógico, conhecimentos de informática, direito constitucional e administrativo, além de legislação de trânsito, são consideradas como certas pela categoria. Matérias como física e primeiros socorros, dentre outras, estão sendo analisadas pelo Departamento de Polícia Rodoviária Federal e pelo Centro de Seleção e de Promoção de Eventos (CESPE) da Universidade de Brasília (UnB) que organizará o concurso.
Uma boa notícia para os candidatos é que a Federação Nacional dos Policiais Rodoviários Federais (FenaPRF) e os 24  Sindicatos estaduais (SINPRFs) que representam a categoria em todo o país, já estão trabalhando para que as 1.000 vagas autorizadas para este concurso sejam aumentadas em 100%, conforme autoriza a lei.
O presidente da FenaPRF, Pedro Cavalcanti, ressaltou que em 2008, com a sanção da Lei 11.784, mais 3 mil cargos de PRF foram criados, “isto elevou o número de cargos na carreira de 10.098 para 13.098 policias”. Atualmente, mesmo após a entrada de 1500 policias do concurso de 2009, o número de cargos preenchidos na carreira está em torno de 10.000 policiais. “Essa é justificativa para vermos o número de vagas do concurso de 2013, aumentado em 100% conforme permite a lei”.
Cavalcanti também disse que o Governo deveria realizar um estudo para aumentar substancialmente o efetivo da PRF realizando concursos periódicos, o que melhoria em muito o serviço prestado à sociedade brasileira. “Considerando a malha viária federal [cerca de 70 mil km] e a quantidade de veículos e pessoas que transitam nas rodovias todos os dias, esse número de 13.098 policias ainda está muito aquém do mínimo necessário”, concluiu.
Requisitos
São requisitos para o ingresso na carreira o diploma de curso superior completo, em nível de graduação, devidamente reconhecido pelo Ministério da Educação, e demais requisitos estabelecidos no edital do concurso. Em todos os editais que se tem conhecimento, exigiu-se carteira de habilitação (CNH), na categoria B ou superior.
De acordo com a Polícia Rodoviária Federal, o concurso é para ambos os sexos, a seleção será nacional e as vagas serão ocupadas prioritariamente nas regiões de fronteira. A lotação do servidor irá depender da nota do concurso somada à nota final do Curso de Formação Profissional (CPF). A jornada de trabalho é de 40 horas semanais e é cumprida em escala de revezamento. E, no último concurso (2009), houve mais de 113 mil inscrições, gerando uma concorrência de 151 candidatos por vaga.
A Polícia Rodoviária Federal está presente em todo o território nacional, estruturada em 21 Superintendências Regionais, 5 Distritos Regionais, 150 Delegacias e 400 Postos de Fiscalização. A sede está localizada em Brasília (DF). Saiba mais em www.dprf.gov.br.
Remuneração
Conforme negociação coletiva realizada pela categoria e Governo em 2012, o policial no início da carreira recebe hoje, na forma de subsídio, R$ 6.106,81, mais R$ 373,00 de auxílio-alimentação. Em janeiro de 2014, receberá R$ 6.418,25, e, em janeiro de 2015, R$ 6.719,91, mais o auxílio-alimentação. Veja abaixo a tabela remuneratória negociada com o Governo:



VALOR DO SUBSÍDIO
CLASSE
PADRÃO
EFEITOS FINANCEIROS A PARTIR DE


 JAN 2013
1º JAN 2014
1º JAN 2015

III
11.092,44
11.658,15
12.206,09
ESPECIAL
II
10.769,36
11.318,59
11.850,57

I
10.455,69
10.988,93
11.505,41

VI
9.863,86
10.366,91
10.854,16

V
9.576,56
10.064,96
10.538,02
PRIMEIRA
IV
9.297,63
9.771,81
10.231,08

III
9.026,82
9.487,19
9.933,09

II
8.763,91
9.210,87
9.643,78

I
8.508,65
8.942,59
9.362,89

VI
7.830,34
8.229,69
8.616,49

V
7.752,81
8.148,21
8.531,17
SEGUNDA
IV
7.676,05
8.067,53
8.446,71

III
7.600,05
7.987,66
8.363,08
II
7.524,81
7.908,57
8.280,27

I
7.450,30
7.830,27
8.198,29

III
6.229,55
6.547,26
6.854,98
TERCEIRA
II
6.167,87
6.482,43
6.787,11

I
6.106,81
6.418,25
6.719,91

A reprodução desta notícia é autorizada desde que contenha a assinatura ‘Agência FenaPRF’